terça-feira, 9 de setembro de 2008

A incrível imagem que os gringos têm de nós!

Fala Galera do Surf da net e das ondas!

Tô assistindo ao vivo a bateria do Jihad Khodr, brasileiro, surfista da elite mundial e ouvi alguns comentários que não curti.

A transmissão ao vivo é em inglês e a galera comenta sobre os surfistas e também sobre algumas características.

É aí que a coisa complica.

Bom, a bateria acabou, o Jihad caiu no final da última manobra na tentativa de um 7,02 e acabou perdendo.

Ainda não saiu a nota final, mas o que eu queria falar sobre esta transmissão, é que os comentaristas começaram a falar sobre o Brasil e como os surfistas brasileiros eram tão esforçados e conseguiam competir num bom nível, sem incentivo e sem grana.

Até aí, tudo bem, é a realidade e deveria ser diferente.

Agora quando os caras começaram a falar do país, um dos comentaristas, metido a esperto, soltou uma, que meu nível de inglês foi suficiente pra entender.

O cara falou que no Brasil, se a pessoa não virar um surfista, jogador de futebol ou ator, ele não consegue mais nada.

A chance do brasileiro conseguir algo na vida, pra ele e agora pra muita gente que ouviu a lição do Sr. Espertão, é conseguir uma dessas profissões que eu disse acima.

Bom, você que trabalha, que tem família, que tem um cargo, que tem alguém da família também com um emprego digno, concorda com nosso amigo "estadunidense" dono do mundo?!

É essa a imagem que eles têm da gente.

Acho que se perguntar pra ele quantas pessoas no Brasil têm computador ou conseguem acessar a internet, é capaz dele responder algo em torno de 300 mil.

Bom, é complicado alguém que é um comunicador, mesmo que seja um comentarista de surf, não ter um pouco de cultura, mesmo viajando para países como o Brasil.

Acho que ele deve conhecer só Noronha e achar que é tudo assim, de chinelo, na beira da praia e jogando futebol, com côco, se bobear.

Lamentável e pior que todos que estavam juntos ouviram e meio que ficaram com pena dos brasileiros.

Com certeza a situação do país não é das melhores, mas se formos ouvir um cara desses, por favor, larguem suas faculdades e vão procurar um curso de teatro, uma escolinha de surf ou um time de futebol, porque se não você não terá futuro.

O que meu amigo Eric do www.freestylemoney.blogspot.com pode achar disso.

O que vocês meus amigos de opinião da Rede FreeStyleMustache acham disso?

Eu acho que ele andou assistindo muito SIMPSONS!


Se informa rapaz!

Mandei um e-mail para eles na língua dele, claro, porque a nossa ele não entenderia nada, já que somos atrasados.

Vou ver o que eles respondem.

ALOHA!

Obs: se quiser ver o episódio do Simpsons é: http://www.cybergan.com.br/TV.php

5 comentários:

FUN on the Road disse...

Deve ser algum americano recalcado... a mulé dele deve dormir de calca jeans.

FUN on the Road disse...

Po se quiser me mandar usar as fotos fica a vontade, eu não sei usar isso muito bem ainda, mais se tiver umas dicas eu agradeço.
abarço

Nozis disse...

EH foda bernardo, soh defendo os simpsons que tiram sarro do mundo inteiro usando os estereotipos para contar a historia, principalmente dos estados unidos!

continuamos conversando! abs!

3ernardo Tavares disse...

FAAALA STEPHAN!

Show de bola mano!

Vou usar sim e te mostro as manhas.

Abraco

NOZIS.... nao critico os SIMPSONS, curto muito, alias eu vi o episodio ontem e dei muita risada, de novo!

Mas eu sei entender que aquilo eh uma satira, caricaturada, exagerada, com a caracteristica dos sipsons.... genial, o problema eh q gente como aquele comentarista, num sabe dicernir esse tipo de coisa.

VALEUU

ericorvo disse...

Primeiro que falar de Norte Americanos e Cultura, é algo sem sentido, já que a sua população é notoriamente a mais fútil e facilmente influenciável por Hollywood, política e rappers ou mulheres peitudas.

E com certeza esse que se diz comunicador nunca ouviu falar dos profissionais que são disputados à tapa para assumir cargos de CEO em multinacionais, ao redor do mundo.

Enfim: Ei EUA, vai tomá no cú! aeee! uhahuahuauh